Home        Igreja Virtual        Multimídia        Cultos         Rede Gospel          Gospel FM        Igospelmail
Liberdade apostólica é tema da Ceia de Oficiais de julho
“Jesus nos liberta de todas as prisões”, disse o apóstolo na ministração da Palavra

A liberdade apostólica foi tema da ministração do apóstolo Estevam Hernandes neste sábado, dia 7 de julho, durante a Ceia de Oficiais, realizada no Anhembi, em São Paulo. Ele leu o texto que está em Gálatas 5.1-12 e denunciou o espírito de religiosidade no meio do povo, que impede que a liberdade de Jesus alcance suas vidas.

“Os gálatas estavam vivendo um assédio violento, pois queriam lhes impor uma religiosidade, restringir sua liberdade. Queriam que eles passassem pela circuncisão após terem se convertido... Jesus nos fala sobre estas prisões espirituais e as trata como jugo”, disse ele.

Jesus disse que era para que viessem até Ele e Ele vos aliviaria, afirmou. “O que tem acontecido é que muitas vezes servimos a Deus, mas estamos sobrecarregados. Estamos debaixo de um jugo porque vivemos o evangelho do medo e da insegurança. Isso coloca um jugo sobre nós que nos descaracteriza como servos de Deus.”

Jesus veio para trazer liberdade aos cativos, disse ele. “Temos que pensar nisso e responder a algumas questões. Como alguém se entrega a Cristo e continua sendo pior que o ímpio? Como alguém pode servir ao Senhor Jesus e ter uma vida sem santidade. O que acontece realmente com um grupo de pessoas que desejam Jesus, mas tem a vida desprovida de frutos. Este é o jugo da religiosidade!”.

Satanás coloca uma malignidade na obra e aprisiona as pessoas. “Pedro, por exemplo, demorou para se libertar da lei. Mesmo quando teve a visão das coisas imundas, resistiu. Mas finalmente entendeu que não poderia ser guiado pelo poder da religiosidade.”

A religiosidade é algo que Satanás coloca na Igreja para impedir essa liberdade, explicou. “O apóstolo Paulo diz que nos últimos dias alguns apostarão da fé. Muita gente está como Saulo, pensa que está servindo a Deus, mas não está, e outros estão como Pedro, presos à religiosidade. Então começamos a entender o que tem acontecido no evangelho em nossos dias.”

Veja a seguir mais tópicos da ministração do apóstolo Estevam Hernandes:

Temos que vencer os domínios da religiosidade, que estão:

1- Na alma. Paulo, antes de se converter, era preso. E Pedro tinha a mente presa. O domínio da religiosidade está na alma. A alma faz com que os homens se entreguem a uma disposição mental contrária a Deus. Este é o domínio de Satanás na alma.

2- No corpo. O religioso é preso no seu corpo, ele não pode ter expressão corporal. Quando Davi trouxe a arca para Jerusalém, ele estava preocupado em dançar na presença do Senhor. Esta prisão do corpo é a malignidade que Satanás coloca, pois ele impede que o homem tenha santidade. Não existe domínio próprio, o corpo reage segundo o impulso carnal. As enfermidades começam na alma e o povo de Deus vai se descaracterizando;

3- No espírito. Fomos chamados para a liberdade no espírito. E onde há o Espírito Santo há liberdade. Não podemos querer impor ao Espírito Santo nossa própria vontade. Quando a pessoa não tem o Espírito Santo, ela é problemática. Existe uma liberdade que existe no Espírito Santo de Deus e ela vem da fé com amor. Essa liberdade fere a arrogância dos poderosos! E é esta liberdade que o Espírito Santo deseja que vivamos!

Não podemos nos relacionar com Deus com referenciais do nosso passado, não podemos viver amarrados, afirmou o apóstolo. “Nós fomos chamados para a liberdade! E o conceito de liberdade está acima do que entendemos. Em primeiro lugar, Deus não te fez escravo da opinião dos outros! Seu crescimento e expansão não são determinados por ninguém.”

Quando esta liberdade entra em nós, mudamos nosso comportamento. “Passamos a ter as características do Espírito Santo. A verdade vai nos libertar. Nós temos que nos libertar, voar nas asas do Espírito! Se o filho de Deus nos libertar, verdadeiramente seremos livres!”.

Essa liberdade vem da maturidade espiritual, disse ele. “Muitas vezes somos uma igreja imatura. O imaturo não perdoa, ele projeta o seu ego. A liberdade é quando tenho consciência daquilo que eu sou para o Senhor. Você tem que deixar Deus te usar! Não tente determinar a maneira que Ele quer te usar! Essa liberdade vem de quem está cheio do Espírito Santo. Temos que ser cheios do Espírito e expressar o amor, que é fruto do Espírito!”, disse ele.

Antes da ministração da Palavra, o apóstolo Estevam Hernandes recebeu de volta o cantor Marcelo Aguiar, que está retornando à Igreja Renascer.

Cláudia Pires, redação igospel
Fotos: Gilberto Teles
 


Publicado em 07/07/2012
Matérias | Igrejas | Bíblia BUSCADOR

Mais Notícias
22.12
Prisão de ventre: veja a dieta ideal para que sofre desse mal
21.12
"O segredo é estar no altar de Deus"
20.12
Veja como foi a cantata de natal no Renascer Hall
19.12
Louvor, curas e salvações marcaram noite com Bispa Sonia na Vila Matilde
19.12
Igreja Renascer realiza Cantata de Natal neste sábado
19.12
Veja a lista dos versículos mais acessados em 2014
19.12
Novidade! Cantor PG agora faz parte do casting da Som Livre

Radio Gospel FM 90.1 | Marcha para Jesus | Renascer Praise | O2 Church
Todos os direitos reservados - 2014 | Ano Apostólico de Calebe
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.