Home        Igreja Virtual        Multimídia        Cultos         Rede Gospel          Gospel FM        Igospelmail
Silas Malafaia volta a defender a liberdade de expressão
Para o pastor, a Igreja também deve ensinar cidadania

O pastor Silas Malafaia, da igreja Assembléia de Deus Vitória em Cristo, participou da Marcha para Jesus 2011, na cidade de São Paulo, que aconteceu nesta quinta-feira (23). Durante seu discurso para milhares de pessoas que se aglomeravam na Praça Heróis da FEB, na Zona Norte da cidade, Malafaia falou sobre cidadania, a importância da unidade das igrejas cristãs e liberdade de expressão. Voltou a criticar duramente qualquer tentativa de cerceamento das liberdades individuais expressa no PL 122. Esse projeto de lei “criminaliza qualquer ação, opinião ou crítica que venha a ser interpretada como discriminação ou preconceito quanto ao homossexualismo no Brasil”. Para Silas Malafaia, o texto fere direitos garantidos pela Constituição brasileira, como a liberdade religiosa e de expressão, registradas no artigo 5º.

De acordo com Malafaia, quando o Supremo Tribunal Federal, mesmo não concordando com a liberalização da maconha, autorizou a realização da Marcha pela Liberdade de Expressão, demonstrou a força do artigo 5 da Constituição, da livre expressão. “Eu sou livre para dizer que o homossexualismo é pecado e que eu discordo”. Ele reforça que sua mensagem principal é: “queremos liberdade de expressão”. E completa: “Que ninguém se engane! Nós não queremos um Estado religioso. Nós queremos separação do Estado e da igreja, mas não podemos eliminar a religião do ser humano. Então, quando alguém diz que crê nisso ou naquilo, ninguém pode impedir”.

“A Igreja é fenomenal e vai continuar triunfante”

Para ele, também é papel da igreja ensinar cidadania. “O povo evangélico está começando entender que ele é cidadão do céu e da terra também. E como cidadãos da terra temos direitos como qualquer outro, não queremos nada mais. O povo começa entender que esses eventos não são apenas uma manifestação profética em favor da nação, mas um exercício de cidadania. Aqui não tem placa de igreja e isso é lindo, isso é que é igreja, não tem placa de ninguém; a igreja de Jesus é isso ai”.

“A Igreja é fenomenal, é a noiva de Jesus. Acho que a igreja vai crescer, vai continuar sua marcha – com problemas, com correções que a gente tem que fazer – mas ela vai continuar triunfante. Unidade é fundamental. Unidade não é a gente abandonar nossos princípios, mas entender as diferenças, entender que o outro é tão diferente quanto eu nesse Reino.”

Pra Monica Vendrame

Fotos: Gilberto Teles
Comunicação Igospel


Publicado em 23/06/2011
Matérias | Igrejas | Bíblia BUSCADOR

Mais Notícias
21.10
"Deus é justo e sabe o que faz", declarou Gabriel Medina
21.10
"A fé não precisa de razões humanas", por Bispa Fê
21.10
Jejum das “12 Pedras do Jordão” começa nesta terça
21.10
Editora Thomas Nelson lança Bíblia Sagrada para casais
21.10
Brasileiro cria máquina capaz de extrair água do ar
21.10
Damares ajuda a realizar sonho de catadora de lixo
21.10
Conheça os candidatos que foram para a repescagem do Gospel Singer

Radio Gospel FM 90.1 | Marcha para Jesus | Renascer Praise | O2 Church
Todos os direitos reservados - 2014 | Ano Apostólico de Calebe
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.