Home         Igreja Virtual         Multimídia         Cultos           Rede Gospel            Gospel FM         Igospelmail
"Esta situação, por mais difícil que seja, não é para a morte!"
A palavra foi ministrada neste domingo, durante o Culto de Celebração da Família

Respeitando normas municipais, a Renascer em Cristo retomou suas atividades presenciais, com máximo de 40% de sua capacidade de público; uso obrigatório de máscara; álcool gel disponível; distanciamento social e restrição ao grupo de risco.
 
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto que diz
 
Para que todos fossem ministrados, os cultos de Celebração da Família deste domingo (13) também foram transmitidos pela Rede Gospel de Televisão e via YouTube e Facebook.
 
Diretamente do Renascer Hall, a palavra foi ministrada pelo Apóstolo Estevam Hernandes.
 
Acompanhe, a seguir, o resumo:
 
João 11.38 a 45: “Jesus, agitando-se novamente em si mesmo, encaminhou-se para o túmulo; era este uma gruta a cuja entrada tinham posto uma pedra.
 
Então, ordenou Jesus: Tirai a pedra. Disse-lhe Marta, irmã do morto: Senhor, já cheira mal, porque já é de quatro dias. Respondeu-lhe Jesus: Não te disse eu que, se creres, verás a glória de Deus? Tiraram, então, a pedra.
 
E Jesus, levantando os olhos para o céu, disse: Pai, graças te dou porque me ouviste. Aliás, eu sabia que sempre me ouves, mas assim falei por causa da multidão presente, para que creiam que tu me enviaste.
 
E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora! Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras e o rosto envolto num lenço. Então, lhes ordenou Jesus: Desatai-o e deixai-o ir. Muitos, pois, dentre os judeus que tinham vindo visitar Maria, vendo o que fizera Jesus, creram nele.”
 
Certo dia, Jesus recebe a notícia de que seu grande amigo, Lázaro, estava doente. Mas, quando Ele chegou ao local, era tarde demais. Lázaro estava morto havia quatro dias.
 
Por que Jesus não chegou a tempo de evitar aquela situação? Por que Ele tinha um propósito: a ressurreição!
 
João 11.6 e 35: “Quando, pois, soube que Lázaro estava doente, ainda se demorou dois dias no lugar onde estava. Jesus chorou.”
 
Para a manifestação daquele milagre, era necessário:
 
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
 
1- As irmãs de Lázaro terem consciência de que aquela enfermidade não era para a morte, mas para glorificar a Deus
 
João 11.3 e 4: “Mandaram, pois, as irmãs de Lázaro dizer a Jesus: Senhor, está enfermo aquele a quem amas. Ao receber a notícia, disse Jesus: Esta enfermidade não é para morte, e sim para a glória de Deus, a fim de que o Filho de Deus seja por ela glorificado.”
 
2- Remover a pedra sem questionar
 
João 11.39: “Então, ordenou Jesus: Tirai a pedra. Disse-lhe Marta, irmã do morto: Senhor, já cheira mal, porque já é de quatro dias.”
 
3- Ouvir a voz da ressurreição
 
João 10.27: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem.”
 
João 11.43: “E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!”
 
Deus vai ressuscitar seus sonhos, motivações, esperança e o futuro!
 
 
 
Redação
Leia também:
Igrejas são incendiadas e destruídas no Chile (20.10)
Igreja Renascer realiza projeto social em Angola (15.10)
Na quarentena, Igreja Renascer batizou 1267 pessoas (19.10)
Hoje! Noite de Poder nas igrejas Renascer em Cristo (23.09)
Hoje! "Noite de Poder" nas igrejas Renascer (09.09)

Publicado em 14/09/2020
Matérias | Igrejas | BUSCADOR


Mais Notícias
21.10
Nesta quarta! Noite de Poder nas igrejas Renascer em Cristo
21.10
Renascer Praise participa de live do Raul Gil
21.10
Nova edição da Bíblia permite leitura em um ano
20.10
Renascer Praise lança o single "Pentecoste de Amor"
20.10
Igrejas são incendiadas e destruídas no Chile
19.10
Outubro Rosa: descubra a história do laço da campanha
19.10
Na quarentena, Igreja Renascer batizou 1267 pessoas

Radio Gospel FM 90.1 | Marcha para Jesus | Renascer Praise | O2 Church
Todos os direitos reservados - 2020 | Ano Apostólico de Rute
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.