Home         Igreja Virtual         Multimídia         Cultos           Rede Gospel            Gospel FM         Igospelmail
Poder da aliança é tema da ceia de oficiais de novembro
Apóstolo ministra sobre como o poder da aliança nos leva a viver um novo tempo

Durante a ceia de oficiais deste mês, realizada no sábado (03/11) no Renascer Arena, em São Paulo, o apóstolo Estevam Hernandes ministrou sobre o poder da aliança. Ele leu o texto que está em Êxodo 32.1-6.

“Deus é um Deus de aliança, sua fidelidade é absoluta mesmo quando o homem é infiel”, disse o apóstolo.  

Veja a seguir os principais trechos da ministração:

O primeiro a quebrar a aliança foi Satanás, ele quebrou a aliança e levou com ele 1/3 dos anjos. A Bíblia nos fala de alguns tipos de aliança, que são:

1º) A aliança adâmica, aliança do Éden: o diabo provocou Eva e ela quebrou a aliança. Essa característica de infidelidade Satanás coloca nos homens;

2º) A aliança com Noé;

3º) A aliança com Abraão, a aliança abraâmica;

4º) A aliança com Moisés

5º) A aliança com Davi, a aliança davídica;

6º) A aliança com Cristo, a nova aliança.

As alianças foram firmadas para proteger aos homens. Mas mesmo o homem tendo cometido a loucura de quebrar essas alianças, Deus, por amor e infinitas misericórdias, permanece fiel. Deus não pode negar-se a si mesmo.

Você está debaixo da aliança de Cristo, que é inquebrável e imutável. O que é importante observar:

1º) Não viver o mal do nosso tempo 2º Timóteo 3.3:

“...desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem.”

Infelizmente observamos isso dentro da própria igreja, uma característica que significa infidelidade. Os homens corrompem seus valores sendo infiéis. Não há vida espiritual se não forem fiéis. Seja fiel a Deus, à sua família, igreja, família.

2º) Não se tornar participante da quebra de aliança (Números 16.31-32). Moisés estava guiando o povo e Deus falava face a face com ele. Os filhos de Levi, que eram sacerdotes, tinham uma aliança com Moisés, mas eles tinham quebrado a aliança no bezerro de ouro. Aqueles sacerdotes e levitas e se levantaram contra Moisés e Arão e duvidaram do plano de Deus, apesar de terem visto maravilhas no Egito e na caminhada de fuga pelo deserto.

Deus se irou com a infidelidade do povo, mas Moisés clamou por eles. Mas a terra engoliu todos os que quebraram a aliança. Não fique do lado de pessoas que quebram a aliança. O diabo trabalha tão fortemente para quebrar alianças que pessoas brincam e se esquecem de tudo que lhes foi feito e acham que Deus muda como o humor do ser humano.

Não rompa alianças por motivos humanos. Não se associe com quem rompe alianças porque o prejuízo é grande. As pessoas têm inveja daquilo que você é na presença de Deus, esteja na palavra de Romanos 8, nada pode nos separar do amor de Cristo. Jesus foi fiel até a morte.

Ano de Ezequias é ano de aliança, que traz o plano de Deus para nossas vidas (2ª Crônicas 31.4-10). Ezequias conhecia as consequências da quebra da aliança: fome, destruição, derrota, miséria, sofrimento, templo fechado e famílias destruídas. Mas Ezequias não aceitou a hereditariedade, mas desprezou o mal de Acaz, seu pai, e fez a aliança que o tornaria próspero e vitorioso.

O que precisamos?

1º) Viver o poder da aliança (Êxodo 34.10). Deus fez uma aliança que iria gerar muitas maravilhas no meio do povo. Essa aliança foi confirmada em Jesus Cristo. Ezequias entendeu que essa era a maneira de transformar a vida do povo exercer o poder da aliança.

A igreja tem esse poder nos dias de hoje o poder da aliança em Jesus Cristo, o fiel e verdadeiro (Jeremias 33.20-21). Aconteça o que acontecer, Deus não vai quebrar a aliança.

2º) Entrar na prosperidade da aliança (Êxodo 19.5-6). Deus prometeu dar as bênçãos da terra para nós e nos fazer o seu tesouro. Essa aliança está desprezada porque não conhecemos a prosperidade que há na aliança, temos promessas superiores a essa como igreja (Hebreus 8.6).

3º) A aliança de Ezequias (2ª Crônicas 30.19-20). Você é livre pelo poder da aliança de Jesus Cristo.

Ezequias abriu as portas para um novo tempo, essa porta se chama Jesus Cristo (João 10.9). Isso nos dá três bênçãos:

  • Independência;
  • Família;
  • Prosperidade (2º Crônicas 31.10-11);

Essa aliança abre as portas para a cura, para um grande avivamento espiritual. Esse é o poder da aliança. Estamos debaixo da aliança definitiva, não mais feita por uma condição humana, mas pelo sangue de Jesus Cristo (1º Coríntios 11.25).

Quem tem aliança vive um tempo novo! Receba esse poder da aliança, em nome de Jesus! O pode da aliança vai trazer sinais, prodígios e poderes miraculosos!

 

Redação igospel

Fotos: Fellipe Pupo

 

 


Publicado em 03/11/2018
Matérias | Igrejas | BUSCADOR


Mais Notícias
16.11
Adolescentes vivem experiências inesquecíveis no Acampa Teen
16.11
Jejum da Prosperidade de Ezequias chega ao 9º dia
16.11
Designer da Pixar diz que Deus é sua inspiração
16.11
Confira a agenda de eventos para este feriado
16.11
Mais de dois mil igrejas são fechadas em Angola
16.11
Filme "Entrevista com Deus" estreia nos cinemas brasileiros
16.11
Confira o line-up do S.O.S. da Vida Gospel Festival

Radio Gospel FM 90.1 | Marcha para Jesus | Renascer Praise | O2 Church
Todos os direitos reservados - 2018 | Ano Apostólico de Ezequias
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.