Home         Igreja Virtual         Multimídia         Cultos           Rede Gospel            Gospel FM         Igospelmail
Neste domingo, vamos jejuar e clamar pela nossa nação!

2 Crônicas 7.14: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a minha terra.” 
 
Lucas 1.37: "Nada é impossível para Deus" 
 
Tiago 5.16: “...Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo” 
 
A imagem pode conter: texto
 
“Nós sabemos que o nosso caminho de vitória e de superação nesta e desta tempestade está em nossa fé em Jesus”, afirmou Apóstolo Estevam Hernandes, referindo-se à pandemia da Covid-19.
 
“Neste mês, celebramos a Páscoa e nós cremos no poder da ressurreição!”, acrescentou.  
 
Em suas redes sociais, ele destacou a importância de a Igreja se consagrar e clamar ao Senhor para que haja uma reversão deste quadro.
 
O líder da Renascer também fez uma convocação de fé para um dia de jejum e oração em prol da nação brasileira.
 
A consagração, de abrangência nacional, acontecerá neste domingo (05).
 
“Chegou a hora de jejuarmos pela nossa pátria! Todos nós, unidos, em clamor e consagração porque, cremos que, para Deus não há impossível! Essa é a convocação de fé que vence o mal! Veremos sentenças sendo revertidas. Veremos o Brasil aos pés de Jesus!”, publicou ele.
 
A importância do jejum para os cristãos
 
Uma das armas mais eficientes do cristão para vencer suas lutas, quebrar maldições e intentos do inimigo, e adquirir autoridade sobre situações que o oprimem é o jejum.
 
Jesus exortou os discípulos, que tinham dificuldade em expulsar demônios, em Marcos 9.29: “Respondeu-lhes: Esta casta não pode sair senão por meio de oração [e jejum].”.
 
Por que é tão eficiente?
 
O voto de jejum não é um mecanismo de troca, nem uma simples oferta, é muito mais que isso: Quando um cristão abstém-se de um determinado alimento que deseja muito, ou abre mão de uma refeição ciente que lhe custará muito este período sem o prazer de comer (lembrando que deve tomar cuidado com as limitações de sua saúde) ou ainda quando deixa de realizar uma atividade que lhe dê muita satisfação, para se consagrar, orar, meditar na palavra; este cristão está adquirindo autoridade sobre seu próprio corpo (sua carne), tudo isto aliado há palavra liberada pela Igreja, gera habilitações espirituais preciosíssimas para quebrar os domínios de satanás onde há lutas e impossibilidades.
 
Colossenses 3.1, 2, 5, 9, 10: “Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra; Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena... uma vez que vos despistes do velho homem com os seus feitos e vos revestistes do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou.”
 
Quando tem autoridade sobre o corpo, o homem de Deus esvazia-se da sua natureza carnal e promove a liberdade da ação do Espírito Santo em sua vida.
 
Efésios 1.21 a 23: “acima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio, e de todo nome que se possa referir não só no presente século, mas também no vindouro. E pôs todas as coisas debaixo dos pés e, para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas.”
Relembre, a seguir, sete personagens bíblicos que também se consagraram em jejum:
 
1- Moisés: Êxodo 34.28: “E Moisés esteve ali com o Senhor quarenta dias e quarenta noites; não comeu pão, nem bebeu água, e escreveu nas tábuas as palavras do pacto, os dez mandamentos.”.
 
2-Davi: 2 Samuel 12.16: “ Davi, pois, buscou a Deus pela criança, e observou rigoroso jejum e, recolhendo-se, passava a noite toda prostrado sobre a terra.”.
 
3- Neemias: Neemias 1.4: “Tendo eu ouvido estas palavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orar perante o Deus do céu.”.
 
4- Ester: Ester 15.16: “Vai, ajunta todos os judeus que se acham em Susã, e jejuai por mim, e não comais nem bebais por três dias, nem de noite nem de dia; e eu e as minhas moças também assim jejuaremos. Depois irei ter com o rei, ainda que isso não é segundo a lei; e se eu perecer, pereci.”.
 
5- Daniel: Daniel 9.3: “Eu, pois, dirigi o meu rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração e súplicas, com jejum, e saco e cinza.”.
 
6- Jesus: Mateus 4.1 e 2: “Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome.”.
 
7- Paulo: 2 Coríntios 11.27: “em trabalhos e fadiga, em vigílias muitas vezes, em fome e sede, em jejuns muitas vezes, em frio e nudez.”.
 
 
Redação
 
 

Publicado em 03/04/2020
Matérias | Igrejas | BUSCADOR


Mais Notícias
10.07
Dicas de filmes cristãos para te inspirar na quarentena
10.07
Reunião Mensal do projeto +QV será neste sábado
10.07
Como fazer deste o 2º semestre o melhor de todos?
10.07
Acompanhe os temas do Jejum das Causas Impossíveis
09.07
Pharrell Williams produz série dedicada à música gospel
09.07
"Deus nunca volta atrás em suas promessas!"
09.07
Kanye West pretende lançar mais um CD com mensagens de fé

Radio Gospel FM 90.1 | Marcha para Jesus | Renascer Praise | O2 Church
Todos os direitos reservados - 2020 | Ano Apostólico de Rute
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.