Home         Igreja Virtual         Multimídia         Cultos           Rede Gospel            Gospel FM         Igospelmail
Em entrevista, ris Abravanel conta como se converteu

Íris Abravanel tem se destacado na empresa de seu marido, Silvio Santos. A autora do remake de “Carrossel”, sucesso absoluto entre o público infantil, em entrevista a revista Isto É falou sobre os seus projetos, experiências e sua vida como cristã.
 
O assunto sobre religião surgiu quando o jornalista perguntou o que Íris havia aprendido com o sequestro que sua filha Patrícia sofreu em 2011.
 
“Doía muito. É como se tivesse arrancado um pedaço de mim sem anestesia. Com o sequestro, aprendi a demonstrar mais amor, carinho, pelas pessoas enquanto elas estão ao nosso lado”, disse ela.
 
Na época, a tranquilidade que a jovem, também evangélica, apresentou após ter sofrido o trauma gerou muitas polêmicas.
 
“Disseram que a Patrícia estava com síndrome de Estocolmo (quando a vítima passa a ter simpatia e até sentimento de amor ou amizade pelo seu agressor). Ela não teve síndrome nenhuma. Ela, naquele momento, enxergou a diferença da vida de dois jovens, a dela e a dele (sequestrador)”, lembrou.
 
Apesar do sequestro, a autora garante que não tomou nenhuma medida de segurança, pois confia em Deus, acima de tudo.
 
“Esse episódio não mudou nada em nossas vidas. Continuamos vivendo sem seguranças por perto, nada. Nossa maior segurança é Deus mesmo”, declarou.
 
Após a afirmação, a esposa do dono do Baú, contou que conheceu o evangelho por meio de um funcionário, em um exemplo de humildade.
 
“Foi dentro da minha casa. Eu não sabia, mas todos os meus funcionários eram evangélicos. Fui convertida pelo copeiro de casa, o José. Ele se alfabetizou pela Bíblia e espalhava versículos pela casa. Eu olhava aquilo e achava legal, mas para o José. Em 8 de outubro de 1998, decepcionada com todas as outras religiões que havia experimentado, pedi para Deus que, se ele existisse, desse uma prova de sua existência. Estava em casa e pedi um café. O José me trouxe e logo foi dizendo: “Olha, dona Íris, ainda bem que a senhora me chamou. Eu estava lá no seu jardim e o meu Deus mandou eu te dizer que a senhora é muito amada por Jesus”. Comecei a chorar. Aí, ele me disse que todos os funcionários se reuniam para orar por mim e pela minha família. No dia seguinte, fui atrás de uma “Bíblia” para saber quem é Jesus. O José quis me dar a dele. E eu não quis. Aí, ele me disse: “Dona Íris, a senhora tem tudo. Esse é o melhor presente que eu posso lhe dar e a senhora não quer aceitar?!” Foi a primeira lição que tive. Como somos soberbos”.
 
Para finalizar o assunto, Iris declarou que apesar de ser judeu, Silvio Santos não tem nenhum tipo de preconceito quanto aos evangélicos.
 
“O Silvio é judeu, vai à sinagoga (...) Quando a gente ora, ele se sente muito bem. Às vezes, ele pede para a Patrícia orar”.
 
 
 
Raquel Tenuta – Redação iGospel
Leia também:
Programa Renascer está no ritmo da Marcha para Jesus! (18.05)
Meu pai foi curado de um AVC após a Marcha para Jesus! (17.05)
Bruna Karla lança o videoclipe de "Tudo é Possível" (17.05)
Deezer lança playlist especial da Marcha para Jesus (17.05)
Acessibilidade é uma das prioridades da Marcha para Jesus (15.05)

Publicado em 26/12/2012
Matérias | Igrejas | BUSCADOR


Mais Notícias
18.05
Acompanhe as ministrações do Encontro Nacional +QV
18.05
Programa Renascer está no ritmo da Marcha para Jesus!
17.05
Cassiane: "Na Marcha, mostramos que em Cristo somos um"
17.05
10 músicas famosas inspiradas em versículos bíblicos
17.05
Domingo é dia de Celebração da Família
17.05
Bruna Karla lança o videoclipe de "Tudo é Possível"
17.05
Meu pai foi curado de um AVC após a Marcha para Jesus!

Radio Gospel FM 90.1 | Marcha para Jesus | Renascer Praise | O2 Church
Todos os direitos reservados - 2019 | Ano Apostólico de Rute
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.