Home         Igreja Virtual         Multimídia         Cultos           Rede Gospel            Gospel FM         Igospelmail
Aliana da ressurreio tema da Ceia de abril
Apstolo Estevam ministra sobre o poder da aliana eterna que est sobre a Igreja de Jesus

O apóstolo Estevam Hernandes ministrou sobre a aliança da ressurreição, que é a aliança Abraão com Deus e de Jesus com sua Igreja, durante a Ceia de Oficiais do mês de abril, que aconteceu neste sábado, dia 02.04, no Ginásio da Portuguesa, em São Paulo.
 
“Deus chama, escolhe e separa os seus servos. Nós estamos aqui porque Deus tem para nós um chamado e uma aliança. As duas alianças que são permanentes são as de Abraão e de Jesus Cristo. São alianças perpétuas que chegam até os dias de hoje”, afirmou o apóstolo.
 
A primeira aliança de Deus com o homem é a adâmica, mas ela foi quebrada pela desobediência. Em seguida, continuou, Deus faz aliança com Noé, mas ela foi quebrada novamemente. “Noé se embriaga e seu filho vê sua nudez e o desonra. A terceira aliança de Deus com o homem é feita com Abraão, é a aliança da ressurreição. É por isso que o Senhor ressuscitou ao terceiro dia.”
 
Estas alianças, tanto a de Abraão quanto a de Jesus, começam no envio. “A aliança de Jesus também começa com o envio, como está em João 3.16. A aliança de Abraão e a de Jesus Cristo foram feitas com derramamento de sangue. Abraão circunscidou Isaque, então houve o derramar de sangue. E Jesus derramou seu sangue por nós. As duas alianças também são marcadas pela ressurreição, foi ela que trouxe Isaque, o primogênito. E Jesus, também primogênito, ressuscitou ao terceiro dia”, explicou.
 
O apóstolo disse ainda que esta aliança nos faz sair do Egito e nos garante o poder da fé. “O grande problema de hoje é que as pessoas não entendem que estão debaixo de uma aliança de fé. A fé é uma herança da aliança. Muitos querem se relacionar com Deus pelas razões carnais. Por causa da aliança, Jesus quer te dar o poder da fé.”
 
A aliança nos garante uma relação livre com Deus, como está em Hebreus 10.19-20, disse ele. “Nós vamos viver os caminhos novos de Deus, vamos viver além do véu... Além do véu é ter a glória de Deus, ver Deus face a face, um novo caminho de comunhão com Deus.”
 
Por meio desta aliança, vivemos dias apostólicos, como eram os dias de Abraão, continuou o apóstolo Estevam. “Deus vai te colocar neste novo caminho, o de encontrar o verdadeiro fogo que vem dos céus... Não quebre sua aliança com Deus, porque quando você quebra esta aliança, traz uma contaminação destruídora para sua vida, como está em Isaías 24. A Terra está sendo devastada, o homem está debaixo de uma grande maldição que consome a terra... Mas quem está debaixo de aliança, não está debaixo da maldição.”
 
Ele explicou ainda que quando a aliança é quebrada, a pessoa vira um verdadeiro espetáculo humano e traz uma marca de prostituição. “Não deixe o diabo te derrubar, não quebre sua aliança com o Senhor, esteja dentro da aliança eterna até a volta do Senhor Jesus”, afirmou.
 
Texto: Pra Cláudia Pires
Fotos: Lucelia Jesus
 
 
Leia tambm:
Participantes da Caravana Apostlica so batizados no Rio Jordo (19.10)
Praise Cia. de Dana apresenta o espetculo "Betel" (19.10)
Marcha para Jesus de Israel chega 5 edio (18.10)
Passeio de barco pelo Mar da Galileia marca a Caravana Apostlica (18.10)
Apstolo Estevam se encontra com o presidente de Israel (18.10)

Publicado em 02/04/2011
Matérias | Igrejas | BUSCADOR


Mais Notícias
19.10
Hoje! Culto de Libertao e Quebra de Maldies
19.10
Praise Cia. de Dana apresenta o espetculo "Betel"
19.10
Participantes da Caravana Apostlica so batizados no Rio Jordo
18.10
Em Banias, Bispa fala da autoridade da Igreja de Cristo
18.10
"Super Quarta de Poder" marcada por milagres
18.10
Em Nazar, Bispa Sonia fala sobre a infncia de Jesus
18.10
Passeio de barco pelo Mar da Galileia marca a Caravana Apostlica

Radio Gospel FM 90.1 | Marcha para Jesus | Renascer Praise | O2 Church
Todos os direitos reservados - 2017 | Ano Apostólico de Samuel
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.