top of page

Pílulas abortivas são liberadas em farmácias dos EUA


Pela primeira vez, a agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, Food and Drug Administration (FDA), similar à Anvisa no Brasil, liberou a venda de pílulas abortivas nas farmácias de varejo do país.


O medicamento chama-se Mifeprex e, em combinação com o misoprostol induz o aborto até 10 semanas de gravidez.


Apesar da permissão, nem todas as pessoas terão acesso às pílulas, já que as proibições do aborto entraram em vigor em mais de 12 estados, quando a Suprema Corte dos EUA anulou, em junho de 2022, o direito constitucional de interromper a gravidez, que estava em vigor desde 1973.


As farmácias de varejo terão que avaliar se devem ou não acompanhar a mudança regulatória do FDA e oferecer a pílula, além de determinar em quais regiões poderão distribuir.



Redação

Comentários


Últimas

bottom of page