Apóstolo e Bispa ministram em sinagoga de Nazaré


Na manhã desta quarta-feira (15), os participantes da Caravana Apostólica conheceram o Nazareth Village, um centro de estudos bíblicos que retrata a infância e a juventude de Jesus.


Por este motivo, tornou-se um grande centro de peregrinação cristã. O local, situado na cidade Nazaré, possui réplicas de sinagogas, santuários e residências, como uma forma de reproduzir o contexto cultural da época.


Ali, em uma das sinagogas, o Apóstolo Estevam Hernandes e a Bispa Sonia Hernandes trouxeram uma mensagem de fé.


Acompanhe, no vídeo abaixo, alguns trechos:



Acompanhe também algumas imagens do passeio:










Nazaré é a maior cidade do distrito Norte de Israel. No Novo Testamento, é descrita como o local de origem de Maria, mãe de Jesus, como mostra o texto bíblico abaixo:


Lucas 1.26 a 31: “No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem que estava comprometida a casar com um homem da casa de Davi, cujo nome era José. A virgem se chamava Maria. E, aproximando-se dela, o anjo disse: — Salve, agraciada! O Senhor está com você. Ela, porém, ao ouvir esta palavra, perturbou-se muito e pôs-se a pensar no que poderia significar esta saudação. Mas o anjo lhe disse: — Não tenha medo, Maria; porque você foi abençoada por Deus. Você ficará grávida e dará à luz um filho, a quem chamará pelo nome de Jesus.”


Muitas pessoas perguntam: Se Jesus nasceu em Belém, por que Ele era conhecido como “Jesus de Nazaré”, “Jesus, o nazareno”, “Jesus, o filho do carpinteiro” ou “Jesus, o filho de José”? Porque Jesus cresceu em Nazaré.


A Bíblia nos mostra que a família d’Ele tinha o costume de ir uma vez por ano para Jerusalém.


O Evangelho de Lucas relatou uma dessas viagens. Na época, Jesus tinha 12 anos e chegou a se perder dos pais. Depois de reencontrá-Lo, eles retornam para Nazaré. Veja a seguir:


Lucas 2. 42 a 51: “Quando ele atingiu os doze anos, foram a Jerusalém, segundo o costume da festa. Terminados os dias da festa, ao regressarem, o menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que os pais dele o soubessem. Pensando, porém, que ele estava entre os companheiros de viagem, andaram um dia inteiro e, então, começaram a procurá-lo entre os parentes e os conhecidos. E, como não o encontraram, voltaram a Jerusalém à sua procura.


Três dias depois, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os e fazendo-lhes perguntas. E todos os que ouviam o menino se admiravam muito da sua inteligência e das suas respostas. Logo que os pais o viram, ficaram maravilhados. E a sua mãe lhe disse: — Filho, por que você fez isso conosco? Seu pai e eu estávamos aflitos à sua procura. Ele respondeu: — Por que me procuravam? Não sabiam que eu tinha de estar na casa de meu Pai? Não compreenderam, porém, as palavras que lhes disse. E voltou com eles para Nazaré e era submisso a eles. E a mãe dele guardava todas estas coisas no coração.”


Outro trecho que prova que Jesus foi criado em Nazaré é o texto de Lucas 4.16, que diz: “Jesus foi para Nazaré, onde havia sido criado. Num sábado, entrou na sinagoga, segundo o seu costume, e levantou-se para ler.”



Redação

Últimas