Apóstolo fala da vitória sobre os 3 reinos


Neste sábado (04), durante a Ceia de Oficiais do mês de junho, o Apóstolo Estevam Hernandes denunciou três poderes que Satanás usa para tentar nos tirar do plano de Deus.


Acompanhe, a seguir, o resumo da palavra:


2 Crônicas 20.1 a 6,9,12 e 14 a 30: Depois disto, os filhos de Moabe e os filhos de Amom, com alguns dos meunitas, vieram para fazer guerra contra Josafá. Então vieram alguns que avisaram Josafá, dizendo: — Uma grande multidão está vindo contra Judá, do outro lado do mar Morto, da Síria. Eis que eles já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi. Então Josafá teve medo e decidiu buscar o Senhor ; e proclamou um jejum em todo o Judá. Judá se congregou para pedir socorro ao Senhor . Também de todas as cidades de Judá veio gente para buscar o Senhor. Josafá pôs-se em pé, na congregação de Judá e de Jerusalém, na Casa do Senhor , diante do pátio novo, e disse: — Ó Senhor , Deus de nossos pais, não és tu Deus nos céus? Não és tu que dominas sobre todos os reinos dos povos? Na tua mão está a força e o poder, e não há quem te possa resistir.


Se algum mal nos sobrevier, espada, juízo, peste ou fome, nós nos apresentaremos diante deste templo e diante de ti, pois o teu nome está neste templo; e clamaremos a ti na nossa angústia, tu nos ouvirás e livrarás. Então, no meio da congregação, o Espírito do Senhor veio sobre Jaaziel, filho de Zacarias, filho de Benaia, filho de Jeiel, filho de Matanias, levita, dos filhos de Asafe.


Jaaziel disse: — Escutem com atenção, todo o Judá, moradores de Jerusalém e rei Josafá! Assim diz o Senhor : "Não tenham medo nem se assustem por causa desta grande multidão, pois esta batalha não é de vocês, mas de Deus. Amanhã vocês irão ao encontro deles. Eis que eles virão pela ladeira de Ziz, e vocês os encontrarão no fim do vale, em frente do deserto de Jeruel. Neste encontro, vocês não precisarão lutar. Tomem posição, fiquem parados e vejam a salvação que o Senhor lhes dará, ó Judá e Jerusalém. Não tenham medo nem se assustem. Amanhã, saiam ao encontro deles, porque o Senhor está com vocês." Então Josafá se prostrou com o rosto em terra, e todo o Judá e os moradores de Jerusalém também se prostraram diante do Senhor e o adoraram.


Os levitas dos filhos dos coatitas e dos coraítas se levantaram para louvar o Senhor , Deus de Israel, em voz bem alta. Na manhã seguinte, levantaram cedo e foram para o deserto de Tecoa. Ao saírem, Josafá se pôs em pé e disse: — Escutem, povo de Judá e moradores de Jerusalém! Creiam no Senhor , seu Deus, e vocês estarão seguros; creiam nos profetas do Senhor e vocês serão bem-sucedidos. Depois de se aconselhar com o povo, Josafá designou os que deveriam cantar ao Senhor . Vestidos de ornamentos sagrados e marchando à frente do exército, deveriam louvar a Deus, dizendo: "Deem graças ao Senhor , porque a sua misericórdia dura para sempre." No momento em que eles começaram a cantar e a dar louvores, o Senhor pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os do monte Seir que vieram contra Judá, e foram derrotados.


Porque os filhos de Amom e de Moabe se levantaram contra os moradores do monte Seir, para os destruir e exterminar. E, quando eles tinham acabado com os moradores de Seir, atacaram e destruíram-se uns aos outros. Quando os homens de Judá chegaram a um lugar alto de onde se pode olhar para o deserto, procuraram ver a multidão, e eis que somente avistaram cadáveres estendidos no chão; não havia nenhum sobrevivente. Josafá e o seu povo foram saquear os despojos e acharam entre os cadáveres riquezas em abundância e objetos preciosos. Pegaram para si mais do que podiam levar e gastaram três dias para saquear o despojo, de tanto que havia. No quarto dia eles se reuniram no vale de Beraca, onde louvaram o Senhor . Por isso, aquele lugar é chamado de vale de Beraca até o dia de hoje.


Então todos os homens de Judá e de Jerusalém voltaram, com Josafá à frente deles. Voltaram para Jerusalém com alegria, porque o Senhor lhes tinha dado uma grande alegria com a vitória sobre os seus inimigos. Entraram em Jerusalém ao som de liras, harpas e trombetas, e foram para a Casa do Senhor. O terror da parte de Deus veio sobre todos os reinos daquelas terras, quando ouviram que o Senhor havia lutado contra os inimigos de Israel. Assim, o reino de Josafá teve paz, porque Deus lhe deu repouso por todos os lados.


O reino Josafá foi gravemente ameaçado. Aqueles três povos que se levantaram contra Judá representam três reinos satânicos que querem ameaçar e atacar os ungidos de Deus. Para vencê-los, precisamos da interferência do Senhor, e esta interferência depende do nosso clamor e posicionamento.

Estes reinos são:

#1 O REINO DO PODER


Ezequiel 28.17 e 18: Você ficou orgulhoso por causa da sua formosura; corrompeu a sua sabedoria por causa do seu resplendor. Por isso, eu o lancei por terra; eu o coloquei diante dos reis, para que o contemplem. Pela multidão das suas iniquidades, pela injustiça do seu comércio, você profanou os seus santuários. Por isso, fiz sair do meio de você um fogo, que o consumiu; eu o reduzi a cinzas sobre a terra, aos olhos de todos os que o contemplam.


Lúcifer foi criado como querubim de luz, mas desejou ocupar o lugar de Deus e usou o seu livre arbítrio para promover uma rebelião.


Quantos homens não agem assim de maneira insana? Matam, massacram, mentem e manipulam por causa uma sede insaciável de poder...


Precisamos ter consciência de que o maior poder que podemos receber é aquele que vem do Espírito Santo.


Atos 1.8: Mas vocês receberão poder, ao descer sobre vocês o Espírito Santo, e serão minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até os confins da terra.


Existem muitas exemplos de homens na Bíblia que se perderam por causa do poder. Saul foi um deles. O resultado de sua rebeldia e de sua arrogância foi o fim do seu reinado e de sua sucessão.

#2 REINO DO DINHEIRO


Mateus 26.14 e 15: Então um dos doze, chamado Judas Iscariotes, foi falar com os principais sacerdotes. Ele disse: — Quanto me darão para que eu o entregue a vocês? E pagaram-lhe trinta moedas de prata.


O dinheiro é apenas um recurso, um instrumento! Não pode ser nossa razão de viver.


A Bíblia já nos alertou sobre isso:


1 Timóteo 6.10: Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e atormentaram a si mesmos com muitas dores.


Não podemos confundir o amor ao dinheiro com prosperidade! Prosperidade é bênção de Deus, amor ao dinheiro é ruína, é ilusão, pois não podemos levar tudo o que conquistamos materialmente para a sepultura.


Judas se perdeu, pois seu amor ao dinheiro era maior do que seu amor por Jesus. O fim dele foi a desgraça e a morte!


Existem muitos relacionamentos que acabam, pois o dinheiro sempre está acima de tudo! Precisamos quebrar este vínculo de dependência, através da consciência de que somos livres porque dependemos de Deus!


#3 REINO DO SEXO


O sexo é uma bênção reservada para o casamento, mas Satanás tenta usar este poder para destruir famílias e ministérios, como aconteceu com Sansão.


Juízes 16.1 a 4: Sansão foi a Gaza, viu ali uma prostituta e teve relações com ela. Foi dito aos gazitas: — Sansão chegou aqui. Eles cercaram o local e ficaram a noite toda esperando por ele, às escondidas, no portão da cidade. Ficaram em silêncio durante toda a noite, pois diziam: — Vamos esperar até o raiar do dia. Então nós o matamos. Porém Sansão ficou deitado somente até a meia-noite. Então se levantou, pegou ambas as folhas do portão da cidade e as arrancou juntamente com os seus batentes e a tranca. Pôs tudo sobre os ombros e levou ao alto do monte que está em frente de Hebrom. Depois disto, Sansão se apaixonou por uma mulher do vale de Soreque, a qual se chamava Dalila.


Sansão era um ungido, um nazireu consagrado desde o ventre de sua mãe. Foi chamado para proteger Israel. Mas, infelizmente, se entregou ao domínio do sexo. Foi destruído por suas paixões carnais e pela cobiça.


Hoje, vemos o império do ódio, do adultério, da infidelidade, da pornografia e da imoralidade tentando roubar o futuro que Deus tem reservados para Seus filhos.


E como vencemos estes reinos? Lutando com as armas certas!


Efésios 6.10 a 14: Quanto ao mais, sejam fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Vistam-se com toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo. Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, mas contra os principados e as potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestiais. Por isso, peguem toda a armadura de Deus, para que vocês possam resistir no dia mau e, depois de terem vencido tudo, permanecer inabaláveis. Portanto, fiquem firmes, cingindo-se com a verdade e vestindo a couraça da justiça.


Josafá entendeu em seu espírito que aquela guerra não seria jamais vencida de maneira convencional, mas no campo espiritual. Por esse motivo, a primeira coisa que ele fez diante daquelas ameaças foi levar o povo a orar e jejuar.


As nossas vitórias no plano material começam no plano espiritual!

Por isso, é necessário:

#1 OCUPAR NOSSO LUGAR COM AUTORIDADE


Efésios 1.20 a 23: Ele exerceu esse poder em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar à sua direita nas regiões celestiais, acima de todo principado, potestade, poder, domínio e de todo nome que se possa mencionar, não só no presente século, mas também no vindouro. E sujeitou todas as coisas debaixo dos pés de Cristo e, para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas.


Através do profeta Jaaziel, Deus alertou Josafá e isso fez com que ele saísse da posição de inferioridade espiritual, por causa do medo, e se colocasse em uma posição de autoridade.


Fomos chamados por Deus de várias maneiras em várias situações, mas nossa eleição está definida desde o ventre de nossas mães. Precisamos agir de acordo com ela!


Jeremias 1.5: Antes de formá-lo no ventre materno, eu já o conhecia; e, antes de você nascer, eu o consagrei e constituí profeta às nações.


Deus nos transmite Seu poder para irmos à guerra na Sua total dependência.


Por isso, nunca se sinta inferior aos seus inimigos!

#2 LUTAR DE ACORDO COM AS NORMAS ESPIRITUAIS


2 Timóteo 2.5: Igualmente, o atleta não é coroado se não competir segundo as regras.


Muitas pessoas não entendem o posicionamento de Jesus, mas Ele estava guerreando contra Satanás seguindo as normas espirituais. Cristo venceu resistindo e usando o poder da Palavra:


Mateus 4.1 a 4: 2 E, depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome. Então o tentador, aproximando-se, disse a Jesus: — Se você é o Filho de Deus, mande que estas pedras se transformem em pães. Jesus, porém, respondeu: — Está escrito: "O ser humano não viverá só de pão, mas de toda palavra que procede da boca de Deus."


Deus conquistou para nós a vitória contra os três poderes que denunciamos aqui!


2 Coríntios 10.4 e 5: Porque as armas da nossa luta não são carnais, mas poderosas em Deus, para destruir fortalezas. Destruímos raciocínios falaciosos e toda arrogância que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento à obediência de Cristo.


Jesus foi como ovelha muda ao matadouro. Ele tinha consciência de que aquele posicionamento traria derrota para Satanás e faria parte do plano de salvação e redenção da humanidade!


#3 SER GUIADO PELO ESPÍRITO SANTO PARA VIVER O SOBRENATURAL


Romanos 8.14: Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.


Deus conduziu Josafá até o Vale. Ele estava debaixo de um grande avivamento espiritual, e a maldição foi revertida em bênção!


Na Bíblia, vemos outra grande manifestação do avivamento de Deus: o momento da crucificação de Cristo. Ali, Jesus venceu a morte!


Para lutarmos e vencermos, precisamos:


- USAR O PODER DA ORAÇÃO!


- TER AÇÃO!


Para viver o sobrenatural, precisamos:


- CRIAR UM AMBIENTE ESPIRITUAL!


Josafá criou este ambiente com louvores e quebrantamento!


- PRESERVAR, COM FÉ, NO PODER DA PALAVRA PROFÉTICA!

O avivamento começa dentro de nós e a partir do momento que temos consciência de que estamos revestidos e armados com:


A COURAÇA DA JUSTIÇA;


O ESCUDO DA FÉ;


O CINTURÃO DA VERDADE;


O CAPACETE DA SALVAÇÃO;


A ESPADA DO ESPÍRITO;


CALÇADOS DO EVANGELHO.


A, partir de hoje, lute como um ungido de Deus!



Redação

Últimas