Apóstolo Estevam fala sobre como evitar derrotas

O Caminho da Vitória foi o tema da Ceia de Oficiais de agosto, realizado neste sábado (06), na Renascer Arena.

Acompanhe, a seguir, o resumo da palavra ministrada pelo Apóstolo Estevam Hernandes.


2 Crônicas 20.17 a 30: Neste encontro, vocês não precisarão lutar. Tomem posição, fiquem parados e vejam a salvação que o Senhor lhes dará, ó Judá e Jerusalém. Não tenham medo nem se assustem. Amanhã, saiam ao encontro deles, porque o Senhor está com vocês.” Então Josafá se prostrou com o rosto em terra, e todo o Judá e os moradores de Jerusalém também se prostraram diante do Senhor e o adoraram. Os levitas dos filhos dos coatitas e dos coraítas se levantaram para louvar o Senhor, Deus de Israel, em voz bem alta. 20. Na manhã seguinte, levantaram cedo e foram para o deserto de Tecoa. Ao saírem, Josafá se pôs em pé e disse: — Escutem, povo de Judá e moradores de Jerusalém! Creiam no Senhor, seu Deus, e vocês estarão seguros; creiam nos profetas do Senhor e vocês serão bem-sucedidos.


Depois de se aconselhar com o povo, Josafá designou os que deveriam cantar ao Senhor. Vestidos de ornamentos sagrados e marchando à frente do exército, deveriam louvar a Deus, dizendo: “Deem graças ao Senhor, porque a sua misericórdia dura para sempre.” No momento em que eles começaram a cantar e a dar louvores, o Senhor pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os do monte Seir que vieram contra Judá, e foram derrotados. Porque os filhos de Amom e de Moabe se levantaram contra os moradores do monte Seir, para os destruir e exterminar. E, quando eles tinham acabado com os moradores de Seir, atacaram e destruíram-se uns aos outros. Quando os homens de Judá chegaram a um lugar alto de onde se pode olhar para o deserto, procuraram ver a multidão, e eis que somente avistaram cadáveres estendidos no chão; não havia nenhum sobrevivente.


Josafá e o seu povo foram saquear os despojos e acharam entre os cadáveres riquezas em abundância e objetos preciosos. Pegaram para si mais do que podiam levar e gastaram três dias para saquear o despojo, de tanto que havia. No quarto dia eles se reuniram no vale de Beraca, onde louvaram o Senhor. Por isso, aquele lugar é chamado de vale de Beraca até o dia de hoje. Então todos os homens de Judá e de Jerusalém voltaram, com Josafá à frente deles. Voltaram para Jerusalém com alegria, porque o Senhor lhes tinha dado uma grande alegria com a vitória sobre os seus inimigos. Entraram em Jerusalém ao som de liras, harpas e trombetas, e foram para a Casa do Senhor. O terror da parte de Deus veio sobre todos os reinos daquelas terras, quando ouviram que o Senhor havia lutado contra os inimigos de Israel. Assim, o reino de Josafá teve paz, porque Deus lhe deu repouso por todos os lados.


Existem dois caminhos: o caminho para a derrota e o caminho para a vitória.


Mateus 7.13 e 14: Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram.


Deus tem caminhos espirituais de vitórias para nós. Mas a desobediência imprimiu a marca da derrota sobre o homem.


Fomos criados para fazermos o bem, mas muitas vezes praticamos o mal! Por que isso ocorre? Satanás, como um conhecedor da estrutura emocional e psicológica do homem, quer colocar dentro de nós uma série de conflitos.


Tiago 4.1: De onde procedem as guerras e brigas que há entre vocês? De onde, senão dos prazeres que estão em conflito dentro de vocês?

O caminho de derrota passa:


1- PELA CORRUPÇÃO DOS VALORES ESPIRITUAIS


Satanás quer nos descaracterizar e que tenhamos atitudes contrárias à nossa natureza espiritual!


Gálatas 5.19 a 21: Ora, as obras da carne são conhecidas e são: imoralidade sexual, impureza, libertinagem, idolatria, feitiçarias, inimizades, rixas, ciúmes, iras, discórdias, divisões, facções, invejas, bebedeiras, orgias e coisas semelhantes a estas. Declaro a vocês, como antes já os preveni, que os que praticam tais coisas não herdarão o Reino de Deus.


Isso ocorre quando queremos passar pela porta larga!


E quais são os valores espirituais que precisamos assumir?


Gálatas 5.22 e 23: Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.


E como fazemos para gerar o fruto do espírito? Mortificando nossa carne!


2- PELA APOSTASIA ESPIRITUAL


1 Timóteo 4.1: Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios...


Apostasia é o esfriamento espiritual, que pode gerar pessoas hipócritas, inacessíveis à presença do Espírito Santo e indiferentes com a dor do próximo. Isso é ser morno na fé!


Quando nos afastamos de Deus, o nosso homem natural se corrompe. Muitas vezes, isso ocorre de forma sutil. Por isso, precisamos vigiar e ter temor a Deus!


Quando andamos no espírito, a nossa presença incomoda as trevas!


Quando o mundo não se identifica com você, é sinal de que você está cheio do Espírito Santo!


Que o seu padrão sempre seja Cristo!


3- PELO DESPREZO DA ETERNIDADE


Ignorar a existência do céu e do inferno pode levar o homem a viver o evangelho terreno, em vez de viver o evangelho da eternidade.


Lucas 16.22 a 24: E aconteceu que o mendigo morreu e foi levado pelos anjos para junto de Abraão. Morreu também o rico e foi sepultado. — No inferno, estando em tormentos, o rico levantou os olhos e viu ao longe Abraão, e Lázaro junto dele. Então, gritando, disse: “Pai Abraão, tenha misericórdia de mim! E mande que Lázaro molhe a ponta do dedo em água e me refresque a língua, porque estou atormentado neste fogo.


A pior derrota que o homem natural pode ter é a segunda morte que Satanás quer impor. É quando invalidamos o sacrifício de Cristo.


Guarde isso: A eternidade é construída aqui na terra! Por isso, preserve sua salvação!


João 3.15: ...para que todo o que nele crê tenha a vida eterna.’


Apocalipse 3.11: Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.


O caminho de vitória que Deus tem para nós foi o caminho que Josafá escolheu trilhar.


Ao saber quer seu povo seria atacado, ele jejuou e orou! Desta forma, trouxe a interferência de Deus naquela situação.

Apocalipse nos mostra 7 grandes vitórias que torna o homem vencedor com Cristo! Acompanhe abaixo:


1- COMER DA ÁRVORE DA VIDA


Apocalipse 2.7: Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: ‘Ao vencedor, darei o direito de se alimentar da árvore da vida, que se encontra no paraíso de Deus.’


2- NÃO SOFRER O DANO DA SEGUNDA MORTE


Apocalipse 2.11: Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: ‘O vencedor de modo nenhum sofrerá o dano da segunda morte.’


3- COMER DO MANÁ ESCONDIDO E RECEBER UM NOVO NOME NA GLÓRIA


Apocalipse 2.17: Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: ‘Ao vencedor, darei do maná escondido. Também lhe darei uma pedrinha branca, e, sobre essa pedrinha, um novo nome escrito, o qual ninguém conhece, exceto aquele que o recebe.’


4- TER PODER SOBRE AS NAÇÕES E RECEBER A ESTRELA DA MANHÃ


Apocalipse 2.26 a 28: Ao vencedor, que guardar até o fim as minhas obras, eu lhe darei autoridade sobre as nações, e com cetro de ferro as governará e as reduzirá a pedaços como se fossem objetos de barro, assim como também eu recebi autoridade de meu Pai. E eu lhe darei ainda a estrela da manhã.


5- NÃO TER O NOME RISCADO DO LIVRO DA VIDA E TER SEU NOME CONFEÇADO POR JESUS DIANTE DO PAI


Apocalipse 3.5: O vencedor será assim vestido de branco, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida. Pelo contrário, confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.


6- SERÁ COLUNA NO TEMPLO DE DEUS


Apocalipse 3.12: Ao vencedor, farei com que seja uma coluna no santuário do meu Deus, e dali jamais sairá. Gravarei sobre ele o nome do meu Deus, o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém que desce do céu, vinda da parte do meu Deus, e o meu novo nome.


7- SE ASSENTAR COM CRISTO NO TRONO


Apocalipse 3.21: Ao vencedor, darei o direito de sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com o meu Pai no seu trono.

O caminho de vitória que Deus tem para nós passa:


1- EM NÃO ABRIR MÃO DA VIDA ESPIRITUAL


Daniel 3.17: Se o nosso Deus, a quem servimos, quiser livrar-nos, ele nos livrará da fornalha de fogo ardente e das suas mãos, ó rei.


Daniel não abriu mão de sua vida espiritual e, por isso, prevaleceu por quatro reinados.


Sadraque, Mesaque e Abede-Nego não se curvaram e viveram o sobrenatural.


Guarde isso:


Só acontece na vida de um ungido o que Deus permitir!


2 – EM SER INABALÁVEL NA SUA RELAÇÃO COM DEUS


Jó 2.9 e 10: Então a mulher dele disse: — Você ainda conserva a sua integridade? Amaldiçoe a Deus e morra! Mas Jó respondeu: — Você fala como uma doida. Temos recebido de Deus o bem; por que não receberíamos também o mal? Em tudo isto Jó não pecou com os seus lábios.


Precisamos tomar cuidado para não sermos levados por ventos de doutrinas.


Efésios 4.14: ...para que não mais sejamos como crianças, arrastados pelas ondas e levados de um lado para outro por qualquer vento de doutrina, pela artimanha das pessoas, pela astúcia com que induzem ao erro.


Guarde isso: Deus não é um Deus de consertos, mas de obras completas!


3- EM SUBIR AO MONTE PARA SER CHEIO DA GLÓRIA PERMANENTE DO ESPÍRITO SANTO


2 Coríntios 3.12 a 18: Tendo, pois, tal esperança, agimos com muita ousadia. E não somos como Moisés, que punha um véu sobre o rosto, para que os filhos de Israel não pudessem fixar os olhos no fim daquilo que estava desaparecendo. Mas a mente deles se endureceu. Pois, até o dia de hoje, o mesmo véu permanece sobre a leitura da antiga aliança; não foi tirado, pois só em Cristo ele é removido. Mas, até hoje, quando Moisés é lido, o véu está posto sobre o coração deles. Quando, porém, alguém se converte ao Senhor, o véu é tirado. Ora, este Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. E todos nós, com o rosto descoberto, contemplando a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, que é o Espírito.


O Shekinah vai se manifestar, seremos levados para uma dimensão espiritual superior vamos andar de glória em glória.


Guarde isso:


Quem vive pleno do Espírito Santo tem uma vida de vitórias!


O primeiro Adão foi derrotado pela serpente, o segundo Adão – Jesus Cristo – pisou na cabeça da serpente!


Se somos um com Cristo, somos vitoriosos e temos parte em todas as vitórias d’Ele! Portanto, nunca mais de enxergue como um derrotado, jamais aceite que o inimigo te imponha qualquer condição de derrota!



Redação

Últimas