top of page

Edificação sobre a Rocha é tema da Ceia de outubro


Edificação sobre a Rocha foi o tema da Ceia de Oficiais da Igreja Renascer em Cristo correspondente ao mês de outubro. O evento reuniu milhares de pessoas na Renascer Arena.


Acompanhe, a seguir, o resumo da palavra:


Mateus 7.24 a 28: Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; 25. e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína. Quando Jesus acabou de proferir estas palavras, estavam as multidões maravilhadas da sua doutrina.


Jesus estava explicando uma poderosa revelação sobre construção e edificação.


Ageu 2: 9. A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o Senhor dos Exércitos; e, neste lugar, darei a paz, diz o Senhor dos Exércitos.


Quando Deus prometeu aos judeus que lhes daria uma nova construção, Ele não estava se referindo apenas à construção civil que eles fariam, mas de uma condição espiritual muito superior, porque eles haviam conhecido, até então, somente a glória humana que revestiu Salomão – que terminou sua jornada com o coração inflamado e cometendo uma série de abominações:

1 Reis 11.3 a 8: Tinha setecentas mulheres, princesas e trezentas concubinas; e suas mulheres lhe perverteram o coração. Sendo já velho, suas mulheres lhe perverteram o coração para seguir outros deuses; e o seu coração não era de todo fiel para com o Senhor, seu Deus, como fora o de Davi, seu pai. Salomão seguiu a Astarote, deusa dos sidônios, e a Milcom, abominação dos amonitas.


Assim, fez Salomão o que era mau perante o Senhor e não perseverou em seguir ao Senhor, como Davi, seu pai. Nesse tempo, edificou Salomão um santuário a Quemos, abominação de Moabe, sobre o monte fronteiro a Jerusalém, e a Moloque, abominação dos filhos de Amom. Assim fez para com todas as suas mulheres estrangeiras, as quais queimavam incenso e sacrificavam a seus deuses.


Em uma de suas cartas, Paulo fala que os resultados dependem de como a obra é edificada:


Coríntios 3.10 e 11: Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei o fundamento como prudente construtor; e outro edifica sobre ele. Porém cada um veja como edifica. Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo.


Jesus falou sobre duas bases de edificação: areia e rocha.


A construção sobre a areia é frágil, sem fundamentos, sem alicerces, totalmente superficial. Isso representa, infelizmente, a vida espiritual de muitos servos de Deus.


A graça não veio para trazer desgraça, mas limpeza e santificação!

E o que precisamos saber?


1º PESSOAS ESPIRITUALMENTE SUPERFICIAIS SÃO COMO AS NÉVOAS

São inconsistentes! Constroem em cima do nada, não suportam nenhum tipo de abalo ou provação e não produzem chuva, são como árvores sem frutos.

1 Pedro 2.17 e 18: Esses tais são como fonte sem água, como névoas impelidas por temporal. Para eles está reservada a negridão das trevas; porquanto, proferindo palavras jactanciosas de vaidade, engodam com paixões carnais, por suas libertinagens, aqueles que estavam prestes a fugir dos que andam no erro.


2º OS CRISTÃOS APENAS NOMINAIS SÃO COMO LOBOS VORAZES


São oportunistas e nunca buscam experiências verdadeiras.


Atos 20.29 e 30: Eu sei que, depois da minha partida, entre vós penetrarão lobos vorazes, que não pouparão o rebanho. E que, dentre vós mesmos, se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás deles.


3º AQUELES QUE BUSCAM DEUS VISANDO SEUS PRÓPRIOS INTERESSES, NA VERDADE, TEM COMO DEUS O PRÓPRIO VENTRE


O destino deles é a perdição, o deus deles é o próprio ventre. A glória deles está na sua infâmia. Não se importam com a eternidade.


A verdadeira edificação é sobre a Rocha, que é cristo!

Mateus 16.18: Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.


Essa construção espiritual nos dá a condição de ter solidez e os fundamentos espirituais que nos levam a ser habitação de Deus.


1 Pedro 1.7: Para vós outros, portanto, os que credes, é a preciosidade; mas, para os descrentes. A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular.

Portanto, temos em Cristo a construção sobre a rocha:


1º NOS FUNDAMENTOS APOSTÓLICOS


Efésios 2.19 a 22 Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; no qual todo o edifício, bem-ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor,no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito.


2º NO AMBIENTE DO ESPÍRITO SANTO


Hebreus 10.19 a 21: Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne, e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus.


3º INVADIDO PELA GLÓRIA PERMANENTE


2 Coríntios 3.17 e 18: Ora, o Senhor é o Espírito; e, onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito.


Somente o sacerdote podia acessar essa glória. Hoje, através de Cristo, com ousadia devemos buscá-la.



Redação

댓글


Últimas

bottom of page