Igreja Renascer inicia o Jejum dos 21 Dias de Daniel


Nesta terça-feira (08), a Igreja Renascer em Cristo inici0u o Jejum dos 21 Dias de Daniel. Os cultos aconteceram em dois horários – 10h e 20h – e foram presenciais.

Com transmissão ao vivo pela Rede Gospel de Televisão e via YouTube, no período da noite, a palavra foi ministrada pelo Apóstolo Estevam Hernandes.


CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR AS ORAÇÕES E OS TEMAS DA CAMPANHA

“O jejum nos dá poder para repreender forças espirituais do mal e nos reveste de santidade, porque nos dedicamos à oração e à busca disciplinada da interferência de nosso Deus. Muitos homens de Deus venceram reinos e cenários terríveis pelo posicionamento de fé do jejum. Como Daniel, Neemias, Ester, Josafá, Paulo e o próprio Jesus, dedicamos este tempo precioso para nos fortalecer em fé e receber autoridade sobre tudo aquilo que está impedindo teu sucesso! Neste mês, jejuaremos café”, afirmou ele.


Acompanhe, a seguir, o vídeo do culto na íntegra e o resumo da palavra:

Daniel 1.3, 4, 8 a 10 e 17 a 20: Depois, o rei ordenou a Aspenaz, chefe dos seus eunucos, que trouxesse alguns dos filhos de Israel, tanto da linhagem real como dos nobres, jovens sem nenhum defeito, de boa aparência, sábios, instruídos, versados no conhecimento e que fossem competentes para servirem no palácio real. E que Aspenaz lhes ensinasse a cultura e a língua dos caldeus.


Daniel resolveu não se contaminar com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; por isso, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar. E Deus concedeu a Daniel misericórdia e compreensão da parte do chefe dos eunucos. Porém o chefe dos eunucos disse a Daniel: — Tenho medo do meu senhor, o rei, que determinou o que vocês devem comer e beber. E se ele perceber que o rosto de vocês está mais abatido do que o rosto dos outros jovens da mesma idade? Se isto viesse a acontecer, vocês poriam a minha cabeça em perigo diante do rei.


Ora, a estes quatro jovens Deus deu o conhecimento e a inteligência em toda cultura e sabedoria. Mas a Daniel deu inteligência para interpretar todo tipo de visões e sonhos. Ao final do tempo determinado pelo rei para que os jovens fossem levados à sua presença, o chefe dos eunucos os levou à presença de Nabucodonosor. Então o rei falou com eles. E, entre todos, não foram achados outros como Daniel, Hananias, Misael e Azarias. Por isso, passaram a servir o rei. Em toda matéria de sabedoria e de inteligência sobre que o rei lhes fez perguntas, os achou dez vezes mais sábios do que todos os magos e encantadores que havia em todo o seu reino.


Daniel foi levado ao cativeiro babilônico na corte de Nabucodonosor e foi escolhido para ser preparado para estar dentro do palácio real e servir como um tipo de escravo diferenciado.


Quem estava na condição de Daniel recebia uma dieta especial e era preparado para viver de acordo com a cultura da região. Mas Daniel se recusou a fazer qualquer coisa que ferisse seu relacionamento com Deus e, por isso, se tornou um homem diferenciado e decisivo.


O Senhor, então, se manifesta na vida dele poderosamente.

Daniel:


1- Não se contaminou com as iguarias da Babilônia


Não podemos permitir que o fascínio entre no nosso coração.


Gálatas 3.1: Ó gálatas insensatos! Quem foi que os enfeitiçou? Não foi diante dos olhos de vocês que Jesus Cristo foi exposto como crucificado?


Não podemos ser participantes da mesa de demônios.


1 Coríntios 10.21: Vocês não podem beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podem ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios.


2- Estava construindo um futuro glorioso pelo seu posicionamento


Provérbios 23.18: Porque certamente haverá um futuro, e a sua esperança não será frustrada.


Nossas renúncias são semeaduras que nos levaram a entrar no plano de Deus.


O inferno pode tentar nos impedir com mentiras e conspirações, mas não vai prevalecer.


Daniel 6.1, 2, 17 e 26 a 28: Dario decidiu constituir cento e vinte sátrapas, para que administrassem todo o seu reino. Sobre eles colocou três presidentes, dos quais Daniel era um, aos quais esses sátrapas deveriam prestar contas, para que o rei não tivesse nenhum prejuízo. Foi trazida uma pedra e ela foi colocada sobre a boca da cova. O rei selou a pedra com o seu próprio anel e com o anel dos homens importantes do reino, para que nada se mudasse a respeito de Daniel.


Faço um decreto pelo qual, em todo o domínio do meu reino, todos tremam e temam diante do Deus de Daniel." "Porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre. O seu reino não será destruído, e o seu domínio não terá fim. Ele livra, salva, e faz sinais e maravilhas no céu e na terra. Foi ele quem livrou Daniel do poder dos leões." Daniel prosperou no reinado de Dario e no reinado de Ciro, o persa.


3- Se tornou 10 vezes mais sábio, após sua consagração


Quando Daniel foi chamado após o jejum, ele ficou cheio da glória de Deus e impressionou com sua sabedoria e seu espírito excelente.


Redação

Últimas