top of page

Israel testa táxi-drone para reduzir engarrafamentos

Um táxi-aéreo sem passageiros sobrevoou Jerusalém como parte de um experimento destinado ao desenvolvimento de uma rede de drones com o objetivo de aliviar o congestionamento.

Este veículo autônomo, fabricado por uma empresa chinesa, funciona com eletricidade, tem uma cabine para dois passageiros e pode voar até 35 quilômetros.


"O que veem aqui é um táxi aéreo que, no futuro, será capaz de transportar pessoas de um lugar para outro", afirmou a diretora da Autoridade de Inovação de Israel, Daniella Partem.



Redação

header.all-comments


Últimas

bottom of page