top of page

Médico ateu se converte ao estudar olho humano


O Dr. Ming Wang chegou aos Estados Unidos com apenas 50 dólares no bolso. Hoje, ele é um renomado cirurgião ocular internacional e foi pioneiro em técnicas de correção da visão.

 

“Vim para a América sem conhecer ninguém. Mal conseguia falar inglês. Mas fiquei feliz porque estava livre”, contou Ming, em entrevista à CBN News.

 

O chinês estava buscando uma oportunidade para melhorar de vida e conseguiu se formar em renomadas universidades, como Harvard e MIT.

 

Ming não acredita na existência de Deus, mas, durante sua jornada universitária, teve uma experiência que mudou completamente suas convicções sobre a origem da vida.

 

“Eu vim da China como ateu. Eu não acreditava em nada além da ciência. Eu estava estudando a estrutura do olho e percebi que o olho humano é muito complicado. Trilhões de trilhões de células precisam estar perfeitamente alinhadas para a captura e interpretação de sinais visuais. Se alguma dessas células sair da linha, a pessoa nasceria cega. Foi e então que percebi que havia um Criador”, afirmou ele.

 

“Comecei minha jornada acreditando primeiro que existe um criador, que existe um Deus e, mais tarde, que Deus está na forma de Jesus Cristo e que Cristo morreu pelos nossos pecados para que pudéssemos ter uma chance para a eternidade”, completou.



Redação

Últimas

bottom of page