Nike veta temas religiosos em camisa da seleção


A Nike decidiu proibir termos religiosos na customização das camisas da Seleção Brasileira. A determinação ocorreu após um funcionário público acionar o Ministério Público Federal (MPF) ao observar que algumas expressões foram vetadas.


De acordo com informações da BBC, o funcionário decidiu agir por acreditar que o caso poderia ser considerado discriminação religiosa. Assim, a empresa foi contatada pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão no Rio de Janeiro.


Não foram somente os termos religiosos que foram proibidos. “A Fisia, distribuidora oficial Nike no Brasil, reforça que não permite customizações de camisas com palavras que possam conter qualquer cunho religioso, político, racista ou mesmo palavrões. A marca informa ainda que esse sistema é atualizado, constantemente, visando cobrir o maior número de palavras possíveis que se encaixem nesta regra”, assinou a empresa em nota.


Redação

Últimas