Vitória nos Vales é tema da Ceia de setembro

Neste sábado (03/09), o apóstolo Estevam Hernandes ministrou sobre “Vencer os Vales” durante a Ceia de Oficiais do mês de setembro. Ele falou sobre como os vales bíblicos têm significados espirituais, demonstrando a posição que o homem espiritual deve ter. Os vales são acidentes geográficos, geralmente entre duas montanhas. Existem vales que são áridos, mas outros que são extremamente férteis.

Deus mostrou, por exemplo, seu poder a Josafá no vale de bençãos. Foi ali que ele obteve sua grande vitória de maneira muito espiritual. Também muitas derrotas foram consumadas em vales por onde o povo de Israel andou.


Sobre o ponto de vista espiritual, o que significa um vale? Significa um momento de depressão, em que a pessoa se sente abandonada. E o diabo se aproveita dessa situação! É ali que age o espírito de loucura, fazendo com que a pessoa caia em um buraco.


1ª Coríntios 2:15: “Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém é discernido.”

A seguir os principais trechos da Palavra ministrada:


O que leva as pessoas para o vale?


1º) Esse espírito de loucura que leva à uma confusão. Mas a pessoa que está sendo levada para o vale não enxerga isso.


2º) O medo. Nós vemos hoje a manifestação disso por meio do pânico.


3º) As influências, que se transformam em contaminação.


E hoje temos que passar por esses vales e não deixar que eles nos destruam ou mesmo roubem nossa caminhada.


Salmos 84:5-6: “Como são felizes os que em ti encontram sua força, e os que são peregrinos de coração! Ao passarem pelo vale de Baca, fazem dele um lugar de fontes; as chuvas de outono também o enchem de cisternas.”


Deus conduziu Josafá ao extremo do deserto para enxergar um vale de bençãos, porém muitas pessoas têm sido roubadas passando por vales. Temos que vencer esses vales!

Vamos ver, a seguir, quais são esses vales de derrota:

1º) Vale de Sidim (Gênesis 14: 3,10,11 e 12):


Vale de Sidim é o vale do mar morto ou mar salgado ao lado, à época de Sodoma e Gomorra. Esse vale significa o roubo do inimigo quando estamos vulneráveis e em baixa espiritualmente. Todos os bens de Ló foram roubados no Vale de Sidim. Porque o vale é o local da nossa baixa. Há um espírito de derrota que Satanás tem colocado as vidas, fazendo com sejamos levados para baixo para roubar tudo que conquistamos em nossas vidas. O maior roubo do inimigo acontece justamente na vida espiritual. Fale mais com Deus, leia mais a Palavra, dedique-se ao seu ministério, não perca seu chamado!


2º) Vale de Soreque (Juízes 16: 4-6):


Vale de Soreque significa a prostituição em todos os níveis. Dalila era uma prostituta influente e Sansão foi atacado por esse demônio no vale de Soreque. Prostituição vai muito além do sexo, existe a prostituição de valores. Um dos grandes problemas é a prostituição espiritual. Hoje, infelizmente, o diabo tem trabalhado para que as pessoas caiam neste vale. Esse espírito habita nestes vales, deixando as pessoas vulneráveis. Seja íntegro em tudo!

3º) Vale de Baca (Salmos 84:5,6):


O Vale de Baca ou vale árido é o vale da dor, da lágrima, a parte do vale de Jerusalém onde Jesus deveria passar para subir ao Getsêmani. Um lugar de dores e sofrimento por circunstâncias que nos fazem passar por um verdadeiro vale de lágrimas. Hoje muitas pessoas, na depressão, estão presas nesse vale de angústia e não sabem como sair. Davi falou sobre sair desses vales e mudar o cenário espiritual, transformar o vale árido em um campo florido. É isso que Deus tem reservado para nossas vidas! Como para Josafá, Deus tem para nós um caminho que passa pelo vale, mas nos faz chegar aos lugares altos. Jesus venceu esse vale e subiu ao Getsêmani e nós também vencemos com ele!


Mas também vemos que Deus dá livramento e grandes bençãos nos vales, vamos ver alguns casos de vales de bênção:

1º) Vale de Elah (1 Samuel 17:2, Salmos 18:28-50 e 1ª Tessalonicenses 5:23,24):


Para o exército de Saul, este era o vale da vergonha e humilhação, porém um ungido do Senhor o transformou no vale da maior vitória, onde o gigante Golias caiu. O vale de Elah é onde os gigantes caem e Deus está te capacitando para a guerra como capacitou Davi. E os maiores gigantes que serão derrotados são aqueles que estão na nossa mente! Todos os pensamentos que não vêm de Deus, Jesus leva cativos! Temos a mente de Cristo! Você não está no exército de Saul, você está no exército de Jesus Cristo!


2º) Vale de ossos secos (Ezequiel 37:1,7-10):


Este é o vale da nossa vitória. Deus levou o profeta ao vale que muitas vezes está diante de nós ou em nossas vidas. Temos que ter o poder profético para não deixar que o que nossos olhos estão vendo nos impeçam de profetizar. Vamos transformar o vale de ossos secos em um grande e poderoso exército!


2ª Coríntios 5:7: Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos.


3º) Vale de bençãos, o vale de Josafá (2 crônicas 20: 26-30):


Chegaram ao vale de benção. Aquele local de uma iminente derrota havia se transformado em um vale de bençãos pelo poder da palavra o que faz do vale árido um vale de bençãos.


O que precisamos nos lembrar?


#1 O poder profético é o que nos impulsiona a viver o sobrenatural (Lucas 1:37)

#2 A autoridade de Cristo em nossas vidas é o que vale quando estamos debaixo das ameaças e sentenças (Marcos 16:18).


#3 O poder do Espírito Santo enche o vale da sua presença, atraído pelo louvor e a palavra profética liberada (Atos 2:4).

Deus está te enviando para viver no vale das vitórias!


Chegou o tempo de maravilhas de saquear o inimigo vivendo 3 dias de ressurreição e ao quarto dia celebrar nossas maiores vitorias!!!



Redação

Últimas