Lizi Benites: "Me reencontrei em Jesus!"


Resiliência foi o tema do Encontro Mensal de Mulheres +QV do mês de agosto. O evento foi transmitido do Renascer Hall para todas as igrejas Renascer em Cristo e foi marcado por testemunhos e mensagens encorajadoras.


A Bispa Sonia Hernandes começou a reunião explicando que resiliência é a capacidade de lidar com problemas, adaptar-se a mudanças, superar obstáculos, resistir às situações de extrema pressão ou de se reerguer após sofrer uma terrível catástrofe.


Na sequência, ela chamou ao altar a modelo e ex-panicat Lizi Benites, que emocionou as participantes do encontro com seu testemunho de conversão.


A vida dela foi marcada por muitos revezes, relacionamentos abusivos, exposições, preconceitos e dificuldades financeiras. Mas, quando tudo parecia estar perdido, ela teve um encontro com Jesus e sua vida foi transformada.

Acompanhe, a abaixo, alguns trechos do emocionante relato dela:


Em Porto Alegre, tive um namoro de 10 anos marcado por uma dependência emocional fora do normal. Foi algo realmente muito destrutivo, principalmente por causa das traições. Para me desvincular, decidi ir para São Paulo e tentar uma carreira de modelo. Cheguei em desvantagem, pois já tinha 27 anos e também tive que fazer dietas muito rígidas. Tomava laxantes para alcançar o nível de exigência das agências que me candidatei. Cheguei a fazer eventos, mas não tinha o retorno financeiro que precisava para me manter.


Conheci um rapaz e começamos a namorar. Ele era irmão de uma das panicats. Fui chamada para ser também. Foi uma experiência muito diferente. As roupas eram diferentes, e eu era muito magra perto daquelas mulheres que tinham corpos maravilhosos. Mas, participando do Pânico, fui chamada para participar de outros eventos e assim consegui pagar o aluguel e me manter.


Como eu era muito magra, para atingir um resultado rápido, comecei a tomar anabolizantes. Fiquei muito musculosa, mas meu cabelo começou a cair e minha pele ficou prejudicada. Tive muitos problemas hormonais também. As pessoas que assistiam o programa não percebiam isso, pois sempre arranjei uma forma de disfarçar. Comecei a ficar famosa, recebi muitos patrocínios, participei de eventos importantes e meu padrão de vida mudou completamente. Mas também conheci o lado destrutivo da fama, como drogas, libertinagem e muitos preconceitos.


Saí do Pânico, participei da Fazenda, onde fiquei em terceiro lugar, trabalhei um tempo no programa da Ana Hickmann e depois abri uma loja com a Dani Bolina, que também foi panicat. Nesse interim, comecei a namorar um rapaz. Durante o relacionamento, ele pediu para tirar algumas fotos íntimas minhas. Eu aceirei, pois achei que dessa forma eu o agradaria. E essas fotos, infelizmente, vazaram. Eu me senti muito mal! Eu até poderia ter me aproveitado disso para ficar mais famosa, mas o impacto que isso teve em mim foi completamente diferente. Só conseguia pensar: “O que eu estou fazendo da minha vida? Onde eu fui parar?”. Fiquei com depressão e não tinha mais vontade de sair de casa. Eu não responsabilizei ninguém pelo que aconteceu comigo. Estava completamente perdida, tudo o que eu queria era me reencontrar.


Eu tinha uma amiga que era cristã e que orava muito por mim. Até comentei sobre ela no local onde eu participava de sessões espiritas e sabe o que me falaram? “A gente nem mexe com eles, eles têm algo sobrenatural”. Quando disseram isso, logo eu pensei: “Então, é isso que eu quero. Eu quero ter algo maior sobre mim!”. Então, eu fui atrás de uma missionária e de um pastor, que em uma célula já haviam deixado os contatos deles para a minha amiga, pois sabiam que em algum momento eu precisaria de uma oração. Eu, então, os chamei para orar na minha casa. Além de orar, eles se dispuseram a fazer um culto por semana. Eles nunca falaram sobre as práticas que eu ainda tinha. Tudo aconteceu naturalmente...


Com o passar do tempo, eu fui mudando, mas ainda sentia muita vergonha. Ainda não conseguia sair de casa. Até que um dia eu sonhei com Jesus! Sonhei que estávamos em uma praia, e Ele me disse: “Vem, minha filha, me segue! Deixe tudo isso para trás!”. Quando, eu acordei eu tinha certeza de que tive um encontro verdadeiro com Ele. Comecei a ir à igreja, voltei a trabalhar e consegui me reerguer. Hoje, sou casada, mãe de dois filhos e falo do amor de Deus!

Após o testemunho, Bispa Sonia e Bispa Fernanda Hernandes trouxeram uma mensagem de reflexão.


Acompanhe, a seguir, alguns trechos:


Nossa vida só passa a ter sentido, quando nos encontramos com Jesus! Só Ele pode nos trazer de volta. No dia mau, quando não tem mais ninguém com você, você descobre novamente quem você é em Deus!


Muitas vezes, por causa das circunstâncias e das necessidades, acabamos perdendo nossa identidade. Muitas vezes, o inimigo nos cerca e nos coloca em situações de grande pressão e, quando não temos um norte, acabamos nos descaracterizando. Isso não é falta de caráter, mas de orientação e de convicção! Você, então, começa a procurar respostas em qualquer lugar! Mas, hoje, você vai decidir quem você será em Deus!

Você não será aquela que se perde no meio das perdas. Você não será aquela que se entrega às circunstâncias, mas aquela que os supera. A sua vida tem dono! A sua vida é de Jesus. A sua vida não é dirigida por problemas, é dirigida por Deus! Quem vai determinar o que vai acontecer é Ele!


Para encerrar a reunião, elas deram cinco chaves de vitória:


- Nunca se esqueça de que quem dirige sua vida é o Senhor!


- Agora, é daqui pra frente. Retroceder ou ficar parada não pode ser mais uma opção!


- Nunca caminhe sozinha. Seja Igreja!


- Lembre-se de que, para cada perda, Deus tem propósitos maiores!


- O Senhor não permite que passemos por nada que não possamos suportar e superar! Nele, você pode todas as coisas!


Redação

Fotos: @r.castineiras

Something Isn’t Working…

Refresh the page to try again.Error: 0037002c00e6406e80720073008e00a2

Últimas