"Deus tem planos e promessas para sua família!"


"Libertação na Família" foi o tema dos cultos de Celebração da Família deste domingo (29), nas igrejas Renascer em Cristo.

No Renascer Hall, a palavra foi ministrada pelo Apóstolo Estevam Hernandes e pela Bispa Sonia Hernandes.


Acompanhe, nos vídeos abaixo, os cultos na íntegra:


Acompanhe, a seguir, o resumo da palavra ministrada nas igrejas Renascer:


Marcos 9.14 a 19: Quando eles se aproximaram dos outros discípulos, viram numerosa multidão ao redor deles e os escribas discutindo com eles. E logo toda a multidão, ao ver Jesus, ficou surpresa e, correndo até ele, o saudava. Então Jesus perguntou: — O que é que vocês estão discutindo com eles? E um, do meio da multidão, respondeu: — Mestre, eu trouxe até o senhor o meu filho, que está possuído de um espírito mudo; e este, sempre que se apossa dele, lança-o por terra, e ele espuma, range os dentes e vai definhando. Pedi aos seus discípulos que o expulsassem, mas eles não puderam.


Então Jesus exclamou: — Ó geração incrédula, até quando estarei com vocês? Até quando terei de suportá-los? Tragam o menino até aqui. E eles o trouxeram. Quando ele viu Jesus, o espírito imediatamente agitou o menino com violência, e, caindo ele por terra, revolvia-se espumando. Jesus perguntou ao pai do menino: — Há quanto tempo isso está acontecendo com ele? O pai respondeu: — Desde a infância; e muitas vezes o tem lançado no fogo e na água, para o matar. Mas, se o senhor pode fazer alguma coisa, tenha compaixão de nós e ajude-nos.


Ao que Jesus respondeu: — "Se o senhor pode"? Tudo é possível ao que crê. E imediatamente o pai do menino exclamou: — Eu creio! Ajude-me na minha falta de fé! Vendo Jesus que muita gente estava se reunindo, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: — Espírito mudo e surdo, eu ordeno a você: Saia deste menino e nunca mais entre nele. E ele, gritando e agitando-o muito, saiu, deixando-o como se estivesse morto, a ponto de muitos dizerem: — Morreu. Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou. Quando Jesus entrou em casa, os seus discípulos lhe perguntaram em particular: — Por que nós não pudemos expulsá-lo? Jesus respondeu: — Esse tipo de espírito só pode ser expulso por meio de oração [e jejum].


Jesus se depara com uma discussão entre os discípulos e religiosos da época, por não terem conseguido expulsar o demônio de um jovem que sofria desta possessão desde a infância.


Aquela família sofria muito com estas manifestações, não tinham paz, não encontravam solução para a violência que acometia o menino.


O pai frustrado revelou a Jesus o seu desespero.


Hoje, Jesus vai libertar a tua família, e vocês encontrarão neste ano de Josafá paz por todos os lados.


Mateus 11.28: Venham a mim todos vocês que estão cansados e sobrecarregados, e eu os aliviarei.

1- PRECISAMOS DE POSICIONAMENTO ESPIRITUAL PARA VENCER O MALIGNO.


Efésios 6.11 a 13: Vistam-se com toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo. Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, mas contra os principados e as potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestiais. Por isso, peguem toda a armadura de Deus, para que vocês possam resistir no dia mau e, depois de terem vencido tudo, permanecer inabaláveis.


Jesus revelou aos discípulos que faltava posicionamento espiritual, oração e jejum, para expulsar aquele demônio.


O Ano de Josafá nos ensina o que precisamos de posicionamento para ver a obra milagrosa do Senhor em nossas vidas!


2- TUDO É POSSÍVEL AO QUE CRÊ


Jesus acalma o pai daquele jovem diante daquela nova manifestação dizendo a ele: Creia!


Hebreus 11.6: De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que recompensa os que o buscam.

Com fé, tudo é possível. Sem fé, é impossível! Precisamos crer sem duvidar na obra de Cristo em nossas vidas, ainda que nossos olhos digam que não, Deus é fiel, Ele começou a obra e vai completá-la.


3- DEUS TEM PARA NÓS A RESTITUIÇÃO DA FAMÍLIA


Joel 2.24 a 17: “As eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de vinho e de azeite. Restituirei os anos que foram consumidos pelos gafanhotos — o migrador, o devorador e o destruidor —, o meu grande exército que enviei contra vocês. Vocês saberão que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o Senhor, o Deus de vocês, e que não há outro. E nunca mais o meu povo será envergonhado.”


Aquela libertação do jovem também gerou a libertação daquela família. Deus tem um novo tempo! Imagine quantos anos de sofrimento, de roubo de alegria, perda de recursos, perda de oportunidades… Deus deu a eles uma nova história.


Jesus nos dá restituição de tudo que fomos consumidos nestes anos!

Alegre-se!


Esta obra já está acontecendo, e você verá toda tua casa salva, em nome de Jesus!



Redação

Últimas