"Em Cristo, frutificamos para a eternidade!"


Nesta quarta-feira (1º), a Igreja Renascer em Cristo iniciou o Jejum da Quebra de Cativeiros.


CLIQUE AQUI PARA BAIXAR A CARTILHA!


Os cultos de abertura da campanha ocorreram em dois horários – às 10h e às 20h. No período da noite, com transmissão ao vivo do Renascer Hall, a palavra foi ministrada pelo Apóstolo Estevam Hernandes e pela Bispa Sonia Hernandes.


“Serão 12 hora de jejum por dia! Vamos, espiritualmente, quebrar todos os cativeiros que nos impedem de avançar e construir o melhor semestre de nossas vidas”, explicou o líder da Renascer.


“Cativeiros espirituais são situações que nos limitam, nos impedem de alcançar nossos objetivos ou de vivermos, na plenitude, aquilo que o Senhor tem para nós. Um dos maiores cativeiros que existe é o medo. Imagine como seria sua vida sem traumas e lembranças que sempre te mantém acorrentado a situações que não existem mais? Cativeiros espirituais são também aquelas situações humanamente impossíveis de serem superadas. Como sabemos que não há impossíveis para Deus, vamos jejuar, nos consagrar e clamar por Sua interferência em cada uma delas!”, acrescentou.


Acompanhe, a seguir, o vídeo do culto de abertura do jejum na íntegra:

Acompanhe também o resumo da palavra:


Êxodo 11.2 e 3: Fale, agora, aos ouvidos do povo que todo homem peça ao seu vizinho e que toda mulher peça à sua vizinha objetos de prata e de ouro. E o Senhor fez com que o seu povo encontrasse favor da parte dos egípcios. Além disso, o próprio Moisés era homem famoso na terra do Egito, aos olhos dos oficiais de Faraó e aos olhos do povo.


Gálatas 3.17: E digo isto: uma aliança já anteriormente confirmada por Deus não pode ser revogada pela lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, a ponto de anular a promessa.


Depois de 430 anos como escravos no Egito e de vencerem as 10 pragas, os judeus foram libertos debaixo das mãos poderosas de Deus.


Eles eram cativos, ou seja, escravos fisicamente, mentalmente e espiritualmente. Viviam em uma condição de extrema miséria até que um dia se lembraram de Deus, e o Senhor envia Moisés para liderá-los e libertá-los..


Êxodo 2.23 a 25: “Decorridos muitos dias, o rei do Egito morreu. Os filhos de Israel gemiam por causa da sua escravidão. Eles clamaram, e o seu clamor chegou até Deus. Deus ouviu o gemido deles e lembrou-se da sua aliança com Abraão, com Isaque e com Jacó. E Deus viu os filhos de Israel e atentou para a situação deles.”


Satanás quer nos aprisionar espiritualmente para que fiquemos cativos em todas os aspectos. Mas, em Cristo, somos livres!


Romanos 8.15: Porque vocês não receberam um espírito de escravidão, para viverem outra vez atemorizados, mas receberam o Espírito de adoção, por meio do qual clamamos: Aba, Pai.


Precisamos ter consciência de que:

#1 DEUS NÃO OS HAVIA FEITO MISERÁVEIS, MAS PRÓSPEROS, E OS FEZ SAIR DO EGITO COMO PRÓSPEROS


Êxodo 11.2 e 3: Fale, agora, aos ouvidos do povo que todo homem peça ao seu vizinho e que toda mulher peça à sua vizinha objetos de prata e de ouro. E o Senhor fez com que o seu povo encontrasse favor da parte dos egípcios. Além disso, o próprio Moisés era homem famoso na terra do Egito, aos olhos dos oficiais de Faraó e aos olhos do povo.


Eles saíram prósperos, mas estavam tão dominados pelo espírito de escravidão, que se tornaram miseráveis novamente no deserto, pois construíram um bezerro de ouro com suas riquezas.

#2 A LIBERDADE NOS LEVA A PROSPERAR


Isaías 1.19: Se estiverem dispostos e me ouvirem, vocês comerão o melhor desta terra.


Como escravos e cativos, eles jamais poderiam prosperar.


Da mesma maneira, se somos escravos e cativos como eles eram mentalmente e espiritualmente, deixamos de viver o que Deus tem para nós, como Pai.


Tiago 1.17: Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.


O tempo de Deus para nossas vidas é de libertação de todo espirito de miséria.

#3 JESUS NOS TIROU DO CATIVEIRO DO EGITO FINANCEIRO


Filipenses 4.19: E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, tudo aquilo de que vocês precisam.


Existe um suprimento que vem de Jeová Jireh, que é a provisão plena e abundante.


2 Coríntios 8.9: Pois vocês conhecem a graça do nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, se fez pobre por amor de vocês, para que, por meio da pobreza dele, vocês se tornassem ricos.


O Senhor Jesus pagou o preço da pobreza para que nós, através da nossa consciência e liberdade, fôssemos prósperos.


Deus vai quebrar esse cativeiro, libertando o teu potencial e te dando o dom para prosperar!


Egito? Nunca mais!


Guarde isso:


Nós frutificamos para a eternidade!


Mateus 6.19 e 20: Não acumulem tesouros sobre a terra, onde as traças e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntem tesouros no céu, onde as traças e a ferrugem não corroem, e onde ladrões não escavam, nem roubam.


Jesus nos ensina a produzir riquezas para o propósito celestial. O ganancioso e avarento vive em um cativeiro de construir para ser roubado, porque tudo na terra é passageiro!


Redação

Últimas